ACOMPANHA O MEU DIA

18.6.15

DICA DE LEITURA POR NÍDIA FIALHO: O PACTO

 image source: Nídia Fialho

Título em Português: O Pacto
Autora: Jodi Picoult
Editora: Civilização
Ano: 2009
Idioma: Português

sinopse:
Há dezoito anos que os Harte e os Gold vivem lado a lado, partilhando tudo, desde comida chinesa e varicela até irem buscar os filhos uns dos outros à vez. Quer os pais quer os filhos são melhores amigos, por isso, não é nenhuma surpresa quando a amizade entre Chris e Emily se transforma em algo mais na altura do liceu. Tornaram-se almas gémeas no momento em que Emily nasceu. Quando ligam do hospital por volta da meia-noite, ninguém está preparado para a verdade terrível: Emily, com apenas dezassete anos, está morta devido a um tiro na cabeça, aparentemente resultado de um pacto suicida. A arma contém uma bala que Chris diz à polícia estar-lhe destinada, mas uma detective local tem dúvidas. Os Harte e os Gold, num único momento aterrador, têm de encarar o pior medo de um pai: será que conhecemos mesmo os nossos filhos?

opinião
Quem já leu Jodi Picoult, sabe que esta escritora nunca desilude, e este livro é mais uma prova disso mesmo. Suicídio, adolescência, família, amor, desilusão, revolta são algumas das premissas que podemos encontrar ao longo da narrativa e que nos envolvem de uma maneira de forma a não querermos largar esta história e coloca-nos a pensar em como a vida pode mudar de um momento para o outro.
Emily e Chris conhecem-se desde sempre, por isso quando começaram a namorar não foi surpresa para ninguém, eram o típico casal que pareciam ter nascido um para o outro e que a relação parecia perfeita, mas seria mesmo assim? Tudo muda quando Emily morre aparentemente por suicídio, pois segundo o sobrevivente Chris tinham feito um pacto de morrerem os dois no mesmo dia, mas não foi isso que se verificou apenas Emily perde a vida e a partir daqui tudo muda.
Será que Chris conta a verdade? Porque será que Emily se suicidou?
Ao longo do livro vamos acompanhando o que acontece a Chris depois deste trágico acontecimento, assim como a vida dos pais deste se altera. Será que eles conheciam realmente o filho? Por outro lado acompanhamos também a dor de uns pais que perderam uma filha e tudo o que imaginaram ruiu, pois não compreendem o porquê disto ter acontecido, pois para eles a filha seria incapaz de se suicidar, e a dúvida instala-se sobre a pessoa mais improvável.
Um outro aspecto a realçar é o facto de a escritora nos permitir também acompanhar a história de Emily antes do suicídio, podendo assim o leitor ir percebendo melhor os pensamentos e os actos de Emily.

Em suma Jodi tem a capacidade de colocar aos seus leitores dilemas morais muito importantes, acabando sempre por nos colocar numa balança sem sabermos para que lado pender. Para quem não conhece esta escritora aconselho vivamente lerem algum livro da mesma, pois não se irão sentir defraudados.

 onde comprar?  na FNAC | aqui

disclaimer: este artigo é da total responsabilidade de Nídia Fialho, colaboradora do Mais Feminices. O texto foi transcrito tal como me chegou.

                                                                                o blog está nas redes sociais, segue também:
        

comentário(s) pelo facebook:

Sem comentários:

Enviar um comentário